Regulação emocional e sintomas depressivos em pacientes portadores de psoríase

  • Brenda Fernanda Pereira Silva Universidade Federal de Sergipe (UFS), São Cristóvão, Sergipe, Brasil
  • André Faro Universidade Federal de Sergipe (UFS), São Cristóvão, Sergipe, Brasil

Resumen

O presente estudo objetivou avaliar a influência de estratégias de regulação emocional, características sociodemográficas e clínicas na sintomatologia depressiva em pacientes psoriáticos. Participaram do estudo 72 pacientes adultos de ambos os sexos, com idades entre 18 e 78 anos, por meio dos critérios de amostragem acidental e por conveniência. Os instrumentos utilizados foram um questionário sociodemográfico e clínico: o Questionário de Regulação Emocional (QRE) e a Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS). A regressão logística indicou características clínicas (autorrelato de grau da doença), bem como a estratégia supressão emocional, como covariáveis com significativa relação com a presença de sintomas depressivos em pacientes psoriáticos. Concluiu-se sobre a influência da supressão emocional e percepção de gravidade da própria doença como principais correlatos para a depressão. Por fim, acredita-se na importância de destacar a necessidade de se desenvolverem intervenções psicológicas com tais pacientes. Ademais, é relevante focar no desenvolvimento de estratégias de enfrentamento da doença, para favorecer maior qualidade de vida a esses pacientes.
Palabras clave psicodermatologia, psoríase, regulação emocional, depressão, psicologia da saúde
Compartir
Cómo citar
Silva, B., & Faro, A. (2019). Regulação emocional e sintomas depressivos em pacientes portadores de psoríase. Revista de Psicología, 28(2). doi:10.5354/0719-0581.2020.55656
Sección
Sección Regular
Publicado
2019-12-27